L. Folgueira

 

Outubro de 58, nasce em São Paulo Luiz Sergio Folgueira, e tão logo pega um lápis demonstra alguma habilidade em seus desenhos. Em Franca, nas suas férias, ficava sempre ao lado do seu primo Ico, que possuía uma habilidade gráfica incrível, passando horas observando-o e tentando acompanha-lo.

Lá pelos 10 anos, sua mãe o coloca num curso livre de desenho, fixando seu figurativo humano, e seu gosto por carros, desenhados ao fundo dos cadernos por vezes durante as aulas.

Na escola era evidente seu diferencial, forma, luz e sombra com esfumados quase perfeitos.

Muda-se para Salvador, e por conta da proximidade com o mar, seus olhos voltam-se para os esportes, mas sua criatividade aflora para outras áreas, projetando e fabricando quilhas e pranchas de surf.

Aos 14 volta à carga na arte, abandonando um pouco o lápis e se aventurando na tinta. Início desastroso, sem conhecimento algum, mas persevera.

Sua vocação pelo desenho nunca foi abandonada mesmo formando-se em técnico mecânico, opta pela área de projetos com uma rápida ascendência.

Na década de 90 conhece Leonardo Celuque, e começando a ter aulas em seu curso livre. O acadêmico lhe foi apresentado e reforçando o figurativo ainda mais, mas aprende técnicas de pintura acrílica pois, óleo, pastel, aquarela, etc. já possuía algum domínio.

Passado pouco mais de um ano resolve buscar outras fontes de aprendizado e começa a outro curso livre com Alejandro Kantamirof. Este abstracionista, começa a tentativa de desconstruir o acadêmico e figurativo existente no aluno.

Quase 4 meses depois, Alejandro desiste:

- Luiz, o figurativo é seu, vamos trabalhar em cima disso.

Em 2001 faz vestibular para Artes plásticas e consegue cursar apenas dois semestres, em função dos horários desconexos do curso e exigências do seu escritório de design.

2004 forma-se em design de interiores e pós graduação em design de produtos paralelalmente.

Essa mescla de aprendizados tornou o aluno em um artista, eclético e plural, que participou de algumas exposições coletivas e abriu em 2015 seu ateliê no Centro Histórico de Salvador – Pelourinho, permitindo que suas obras transpusessem o Atlântico.

 

Exposições

 

1992 - Semana da Arte Xerox do Brasil, São Paulo

1996 - Coletiva Martagão Gesteira, MAM-Ba, Salvador

2005 - Casa Cor, Hotel da Bahia

2008 - Galeria G. Buffone/SSA

2009 - "2.234", Casarão/SSA

2010 - Na Feira de São Joaquim,  Feira de S. Joaquim/SSA

2010 - Ocupação Artística, Centro Abastecimento/F.Santana

2010 - Casa Cor, Santo Antônio Além do Carmo/SSA 

2011 - 6 Novos Artistas Contemporâneos, Galeria Rio Vermelho

2015 - Catálogo Imago Mundi, Itália

2015 - Ateliê L. Folgueira, Salvador

2016 - Outubro Rosa, Casa do Comércio

 

Informação de contato:

email: contato@lfolgueira.com

fones:  + 55 71 99195 5339  e + 55 71 99968 7633

 

Mais sobre mim:

Instagram: @l.folgueira

Site: www.lfolgueira.com

Facebook: www.facebook.com/l.folgueira