Ery Nunes e seus abstratos expressionistas

Ery Nunes com uma de suas obras: dedicação incansável

 

Quem?

Moro em João Pessoa, gosto de ler, estudar os grandes mestres, adoro fazer um prato diferente para os que me rodeiam e amo pintar.

O que?

Pinto o abstrato expressionista, fragmento a cor, elegendo a forma, óleo sobre tela, extremamente exigente comigo mesmo.

Por que?

A arte já vem intrinsicamente com o artista, ele é apenas o instrumento. Em algum momento da vida, ele decide por desenvolver esse dom, ou caminhar por outras estradas.

Como?

Observo a vida, vejo as imagens, sinto as emoções. Construo minha própria cena e a desconstruo em fragmentos pictóricos.

Quais suas maiores dificuldades?

Minhas dificuldades são a ausência de agenda pra estudar bem mais e pintar, pintar e pintar.

Onde deseja chegar?

Quero sempre chegar no sentimentos das pessoas, extrair delas : felicidade, alegria, paz e caminhos. Vocês não imaginam a ansiedade de mergulhar na imensidão de uma tela branca e extrair cores e formas, construir o que não existia e de algum sentido fazer por apenas um minuto alguém feliz.